fbpx
Blog

Do conceitual à prática: as ideias das mostras na sua casa

Como levar as ideias conceituais das mostras de arquitetura para o dia a dia prático da sua casa?

Sala casacor
Fonte: casacor.abril.com.br

Visitar mostras de arquitetura e decoração é parque de diversões para designers, arquitetos e amantes da área. Para leigos, também é impactante, afinal é uma experiência divertida e que aflora muitas ideias. No entanto, não parece tão simples transferí-las para a vida real.

Não é incomum encontrar estruturas conceituais nas mostras. Plantas em meio aos armários da cozinha, cadeiras que parecem pouco confortáveis e cores pesadas nos ambientes são algumas características que nos fazem perguntar se seria adequado para nossa casa. As mostras são compostas por conceitos: conteúdo valioso para os profissionais da área e pouco compreendido por amadores.

Para não restringir o conteúdo ao dia da visita e ao prazer de conhecer ambientes fascinantes, que tal tentar levar o conceito para a casa? Aplicá-los a ambientes comuns e funcionais para o dia a dia é possível e devido.

Converse com os expositores

Os responsáveis pelas mostras geralmente circulam constantemente pelos seus espaços. São acessíveis e bem dispostos a trocar uma ideia. Além disso, pessoas bem informadas sobre cada um dos ambientes seguem com eles ao longo do dia.

Converse, pergunte e aponte a ideia que gostaria de levar pra casa. Através da conversa, cada um dos conceitos será explicado e individualizado, a fim de serem aproveitados em espaços que sequer imaginamos à primeira vista.

Tente reconhecer os conceitos

Com assistência de profissionais o exercício é mais simples e fluido, mas é factível tentar por conta própria. Tentar individualizar cada conceito e aplicar ao ambiente cotidiano é a proposta da mostra, afinal. O conceito existe para chamar atenção, ser enfático e bem marcado. Dificilmente pode ser levado de modo literal para a casa do dia a dia.

Cozinha casacor
Fonte: casacor.abril.com.br

Imagine uma sala de estar com paredes roxas, intensas e vibrantes. Quem gostaria de ficar nela por horas todos os dias? No entanto, como vimos aqui, o Ultra Violet é a cor do ano pela Pantone®. A cor deve ser bem representada, mas pode ser levada para casa de modo sutil. Por exemplo: uma parede a ser destacada ou um móvel para quebrar o padrão do ambiente caem bem em uma casa do cotidiano. Comece a fazer o exercício nos passeios às mostras, é divertido e bastante proveitoso.

Esteja aberto e não hesite em pesquisar

Tendências surgem com mais frequência do que conseguimos acompanhar. Algumas são simples e facilmente aceitáveis, já outras são mais ousadas e impactantes. Não opte pela rejeição sem antes conhecer a ideia, por mais diferente que ela seja.

Pesquise e informe-se de como a ela pode ser usada e o que ela oferece. Uma ideia inovadora pode alterar a rotina do espaço de forma surpreendente. Usabilidade e funcionalidade são pontos fortes para os criadores de novos conceitos. Então, por que não tentar?

Curtiu o post? Que tal colocar as ideias em prática na CasaCor 2018?


Related posts

Compartilhe por email!